Timelapse do Sol

A Nasa criou um timelapse em que encadeia imagens obtidas em 3 anos de observação do Sol – um período insignificante para quem tem cerca de 4,6 bilhões de anos.

O vídeo foi feito para comemorar o aniversário do projeto Observatório de Dinâmica Solar (SDO, na sigla em inglês), que analisa fenômenos como manchas e tempestades solares.

O SDO fica na órbita da Terra, acima da atmosfera, de forma que ela não interfere na observação e capta uma imagem do Sol a cada 12 segundos, em dez comprimentos de onda diferentes. A abrangência permite observar melhor os diversos tipos de raios do Sol, incluindo os ultravioletas. No vídeo, foram inseridas duas imagens para cada dia de funcionamento do aparelho.

O Sol está no pico de sua atividade, dentro de um ciclo que dura 11 anos. Isso significa que há mais erupções, que podem ser vistas claramente nas imagens. Na Terra, esses fenômenos geram tempestades geomagnéticas que causam auroras nas regiões polares e podem interferir com o funcionamento de rádios. [Via]