Aurora Boreal - Abisko, Suécia
– Aurora boreal em Abisko, Suécia.

Imagine poder observar, no céu, um tipo de mancha, geralmente com coloração entre o verde e o roxo, pairando sobre a sua cabeça, com um aspecto cósmico absolutamente fora do comum! É a aurora boreal.

A aurora polar é um fenômeno óptico composto de um brilho observado nos céus noturnos nas regiões polares, em decorrência do impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre – Wikipédia.

O brasileiro caçador de auroras boreais

Marco Brotto, um curitibano de 44 anos e dono de uma loja de móveis, tem como imagem de perfil no Facebook uma selfie com a aurora boreal. A foto foi tirada em uma das 15 expedições que fez à região do Ártico – sempre em busca de observar o fenômeno.

Aurora Boreal - Alasca 2
– Aurora boreal no Alasca.

Como tudo começou

Há 10 anos, Marco se aventurava no Vale da Morte, região do deserto de Mojave, na Califórnia, EUA, quando ficou sabendo da aurora boreal pela primeira vez. Ele contou que, quando estava se preparando para dormir no lugar, ficou encantado com a quantidade de estrelas que pôde observar. “São um espetáculo à parte”, definiu.

Ele viajava em um grupo de amigos. Um deles, Fábio, lembrou de outras luzes que também podem ser observadas no céu, as da aurora boreal. Aquilo mexeu com a curiosidade de Marco, que passou a pesquisar sobre o assunto.

Time-lapse mostra a dança das luzes

A caçada

Alguns anos mais tarde, Marco se via com uma passagem comprada para o Alasca. Ele estava ansioso para ver as cores do Ártico com os próprios olhos pela primeira vez. Ele passou por incríveis paisagens geladas, mas acabou alimentando um sentimento de frustração por não conseguir observar uma aurora. Era, até então, um “caçador” inexperiente, de primeira viagem. Mas nada de desistir, aquilo apenas alimentava ainda mais a obsessão de Marco pelo fenômeno.

Aprendi que não é tão fácil assim ver as auroras. Não vi nada. Absolutamente nada – explica.

Aurora Boreal - Alasca 3
– Aurora boreal no Alasca.

A primeira aurora a gente nunca esquece

Após fracassar em sua primeira tentativa, Marco deixou temporariamente a ideia de lado e preferiu destinos como Egito, Turquia e Moscou em suas viagens seguintes. Um dia, recebeu um e-mail de um amigo com o título “Svalbard” – um território insular norueguês banhado pelo Oceano Glacial Ártico a norte, pelo Mar de Barents a leste e pelo Mar da Noruega e Mar da Gronelândia a oeste. Aquilo foi o suficiente para reaquecer a ideia de circular pelos extremos gelados do planeta.

Marco partiu para Noruega, mas não teve vida fácil. Várias idas e vindas, em que conseguira observar somente resquícios de uma mancha verde no céu, fizeram com que ele pensasse em um novo fracasso. Mas ele ainda não estava disposto a abrir mão. Em sua última noite em Tromsø, antes de partir para Svalbard, já sem grupo e sem guia turístico, apenas com um carro alugado, em um frio de -15ºC, ele a viu surgir no céu!

Ela chegou para transformar meus sonhos e desejos em realidade. Um monstro verde dançando freneticamente sobre minha cabeça! Não sabia se corria, se sentava, se chorava, se eu ria.

Veja Marco falando sobre suas experiências no vídeo abaixo:

Ver a aurora é uma coisa louca

Para Marco, não se trata apenas de observar luzes, como a maioria das pessoas imagina, você pode sentir a aurora. Esse é o termo que ele tem usado, “sentir”. Essa é uma das motivações que o fazem fotografar, filmar e compartilhar suas experiências com o máximo de pessoas possível. Ele a vê como “um fenômeno natural de todos e para todos”.

Um senhor, no meio da Lapônia, me ensinou a sentir ela com os olhos fechados. Claro que isso tudo faz parte também da nossa imaginação. Toda atmosfera que envolve a viagem é incrível.

Aurora Boreal - Alasca
– Aurora boreal no Alasca.

Linda e forte

Perguntei se para as pessoas que moram em lugares em que é possível observar a aurora boreal, a tratam como um fenômeno corriqueiro ou se também se encantam com sua beleza. Mais ou menos aquela ideia que muitos propagam que, se você mora no litoral, acaba não indo à praia. Ele me explicou que a maioria dos noruegueses, por exemplo, nunca viu uma aurora boreal pois moram ao sul da área em que é possível observá-la.

Em uma ocasião curiosa, quando estava em Anchorage, cidade mais populosa do Alasca, após uma noite de aurora boreal intensa, Marco conta que o fenômeno foi capa de jornal com a manchete: “Apareci muito linda e forte”.

Aurora Boreal - Breivikeidet, Noruega
– Aurora Boreal em Breivikeidet, Noruega.

Caçador de auroras profissional

Com toda a experiência que acumulou nos últimos anos, Marco está se profissionalizando como caçador de auroras boreais. Ver essas espetaculares luzes no céu mexeu com ele ao ponto de querer compartilhar essa possibilidade com mais gente. Marco se tornou uma espécie de coach de expedições e tem levado grupos de pessoas para observar o fenômeno. Faz isso quatro vezes ao ano.

Busco sempre, entre as viagens como coach, fazer minhas viagens sozinho para descobrir lugares cada vez mais espetaculares. Estive, uma semanas atrás, nas Ilhas Faroe, um paraíso, e consegui auroras lindas.

Sequência de fotografias da aurora boreal no Alasca

Os planos de viver sob a aurora boreal

É de se imaginar que alguém tão fascinado por esse incrível fenômeno queira viver com auroras boreais sobre sua cabeça. Marco tem o objetivo de morar em algum lugar do Círculo Polar Ártico, provavelmente na Noruega ou Finlândia, mas também considera o Alasca como uma boa opção. Pra sua sorte, Laurize, sua companheira a quem pediu em casamento logo após ela ter visto sua primeira aurora, também é adepta de um estilo de vida mais aventureiro.

Quer mais?

Por ora, nosso “caçador” continua sua vida em Curitiba, mas já planejando suas próximas viagens. Nem sempre, mas quase, atrás das auroras boreais. Quem sabe você não possa acompanhá-lo em sua próxima expedição! Ficou interessado, então acesse site dele!

Aurora Boreal - praia de Sommaroy, Noruega
– Marco e Laurize observando a aurora boreal na praia de Sommaroy, Noruega.

Aurora Boreal - Narvik, Noruega 2
– Aurora boreal – Narvik, Noruega.

Aurora Boreal - Narvik, Noruega
– Aurora boreal – Narvik, Noruega.

Aurora Boreal - Noruega 2
– Aurora boreal – Noruega.

Aurora Boreal - Noruega 3
– Aurora boreal – Noruega.

Aurora Boreal - Noruega 4
– Aurora boreal – Noruega.

Aurora Boreal - Noruega 5
– Aurora boreal – Narvik, Noruega.

Aurora Boreal - Noruega 6
– Aurora boreal – Narvik, Noruega.

Aurora Boreal - Noruega 7
– Aurora boreal – Narvik, Noruega.

Aurora Boreal - Noruega 8
– Aurora boreal – Narvik, Noruega.

Aurora Boreal - Noruega
– Aurora boreal – Noruega.